Saúde e segurança

Saúde e segurança

Resultados de segurança no trabalho

GRI 403-9

A taxa de acidentes de trabalho (com e sem afastamento) da MRS se equipara a de empresas que seguem as melhores práticas de segurança no mundo. Em 2019, a MRS registrou o seu menor resultado histórico, graças aos esforços que a empresa direciona para essa área, fechando o ano com uma de taxa de 0,65, considerando colaboradores próprios e terceiros. Outra marca atingida foi a quantidade de dias consecutivos sem acidentes – 88 ao todo.

Na tabela, abaixo é possível ver o resultado da taxa de acidentes de trabalho nos últimos 3 anos e a quantidade de acidentes com afastamento (CAF), sem afastamento (SAF) e fatais:

Icone Excel
Taxa de Acidentes201720182019
Total (nº)151914
Taxa0,680,850,65
   CAF (nº)9137
   SAF (nº)567
   Óbitos1--

Nota: A taxa é calculada através da fórmula: (nº de acidentes x 1.000.000) / (headcount** x 180***)
** Total de colaboradores
*** Padrão de horas trabalhadas em um mês

Icone Excel
Indicadores de segurança no trabalho

201720182019
Lesões
Taxa de lesões (TL)0,12%0,13%0,081%
Número de lesões202415
Doenças ocupacionais
Taxa de doenças ocupacionais (TDO)0,065%0%0,39%
Número de doenças ocupacionais205
Dias perdidos
Taxa de dias perdidos (TDP)0,64%0,74%0,65%
Número de dias perdidos13.56915.39713.829
Absenteísmo
Taxa de absenteísmo2,8%2,55%2,04%
Horas programadas para trabalhar14.271.32014.103.12014.464.480

Nota: lesões consistem em ferimentos superficiais, fraturas e entorses.

Eventos corporativos de segurança

No ano de 2019, foram realizados workshops de segurança que envolveram mais de 3.200 colaboradores (32% do quadro geral da companhia), além da realização da SIPATMA (Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho e Meio Ambiente), direcionada a todos os colaboradores da companhia, próprios e terceiros.

Comitês e comissões permanentes

GRI 403-1

A MRS dispõe de grupos corporativos interligados à Gerência de Segurança do Trabalho cuja função é a dedicação contínua a temas específicos. Para as questões relacionadas com saúde e segurança no trabalho, 100% dos funcionários da MRS estão cobertos por comitês formais de saúde e segurança. Os comitês são os seguintes:

  • Brigada de Emergência: a MRS possui 12 Corpos de Brigada, com um total de 476 integrantes. Todos brigadistas recebem capacitação pelo Corpo de Bombeiros ou por empresa especializada contratada pela MRS.
  • CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes): as ações preventivas por parte da CIPA consistem, fundamentalmente, em observar e expor as condições de riscos nos ambientes de trabalho; solicitar medidas para diminuir e extinguir ou neutralizar os riscos existentes; debater sobre acidentes ocorridos, solicitando medidas que previnam acidentes parecidos e guiar os demais trabalhadores quanto à prevenção de acidentes.
  • Comitê de comunidade: grupo composto por profissionais de diversas áreas da MRS, como segurança ferroviária, segurança patrimonial, relações institucionais, jurídico e comunicação, cujo escopo envolve a avaliação de ocorrências (atropelamentos e abalroamentos) e atuação em ações direcionadas para a interferência com as comunidades interceptadas pela ferrovia.
  • Comitê de RH: dividido por localidade e áreas afins, conta com a participação dos gestores envolvidos – gerentes e gerentes gerais – e do Diretor de RH. Durante as reuniões, que ocorrem mensalmente, é feito um acompanhamento de diversos aspectos, entre eles, número de acidentes de trabalho, controle de EPI, treinamentos e acompanhamento de planos de ação.
  • CPIA (Comissão de Prevenção e Investigação de Acidentes): estruturada por um líder da área de investigação, grupo técnico e áreas envolvidas nas ocorrências, tem como objetivo identificar as causas dos acidentes e incidentes por meio de metodologia específica, auxiliar na determinação de ações eficazes que irão bloquear reincidências e garantir a perpetuidade dessas iniciativas.