Relacionamento com a sociedade

Relacionamento com a sociedade

Fornecedores

GRI 102-9, 308-1, 414-1

A MRS possui uma cadeia composta por 1.116 fornecedores, que colaboram com diversos serviços e produtos, entre eles, combustível, manutenção de malha ferroviária e de rodante. Ao longo de 2019, foram pagos a fornecedores pouco mais de R$ 1,8 bilhão.

Os fornecedores foram contratados com base em normas internas e na legislação nacional e internacional referente a práticas de compras. Caso os serviços sejam prestados nas dependências da MRS, são analisadas eventuais pendências com a Receita Federal e o Ministério do Trabalho. A Gerência Geral de Segurança e Meio Ambiente possui critérios de avaliação e de validação específicos para prestadores de serviços relacionados ao meio ambiente e para fornecedores de materiais que podem gerar impactos negativos ao meio ambiente.

A Gerência Geral de Suprimentos é responsável pela contratação de serviços, materiais e ativos da companhia, além do gerenciamento logístico dos materiais, desde o planejamento de estoque, transporte (internacional e interno), diligenciamento, armazenagem e expedição ao cliente final. Por fim, cuida também do gerenciamento das receitas alternativas (venda de serviços e materiais inservíveis e obsoletos).

Gastos com fornecedores em 2018 e 2019

O desempenho de todos os fornecedores ativos é avaliado e os dados ficam disponíveis no sistema IDF (Índice de Desenvolvimento de Fornecedores), ferramenta desenvolvida internamente para cálculo das notas. Os resultados são segregados entre fornecedores de serviços e de materiais. Para fornecedores de serviços, as medições são realizadas através dos questionários respondidos bimestralmente pelos gestores dos contratos observando os quesitos de segurança, meio ambiente, conformidade, cronograma e qualidade. Para fornecedores de materiais, as notas são calculadas de forma automática pelo sistema e o resultado é computado, principalmente, com base na pontualidade e conformidade das entregas. Nos casos em que os fornecedores obtêm notas consideradas insatisfatórias, são criados planos de ação pelos gestores para corrigir as ineficiências relatadas.